A dor de uma alma partida.

 

Uma alma escura que dissimuladamente aprisiona e aparta a fuga fácil. É uma neblina silenciosa que ofusca o sol e chama a escuridão. É a nuvem pesada que não honra hora nem respeita pessoa. Depressão, desencorajamento, desapontamento, dúvida… todos são companhias desta horrível presença.  Qualquer dor desorienta nossa vida. Ela faz com que ver a estrada seja difícil. Ofusque suas luzes. Limpe o pára-brisa. Diminua a velocidade. Faça o que você quiser nada ajuda. Quando se esta com essa dor, nossa visão é bloqueada e o dia de amanhã está longe para sempre. É como uma escuridão nos cobre, as palavras mais sérias de ajuda e de esperança são frases vagas.

Se você alguma vez foi traído por um amigo, você sabe o que eu quero dizer. Se você alguma vez foi abandonado pelo pai, molestado por aqueles que você acreditava que te amava, você viu, sentiu ou esta sentindo essa dor. Se você em algum momento foi enganado pelos seus pastores, se eles te fizeram de idiotas, te usurparam, se você alguma vez colocou uma pá com terra no caixão de uma pessoa amada ou manteve vigília ao lado de uma pessoa querida, você também reconhece esta dor.

Páro e penso como foi o ano de 2010, quanta coisa aconteceu, quanta dor eu encontrei, quantas feridas minha alma sentiu, e os noticiários? Quanta tragédia…tragédias nebulosas. Como elas cegam nossa visão e destróem nossos sonhos! Nos faz esquecer quaisquer expectativas grandiosas de alcançar o mundo, quaisquer planos de mudar a igreja ou a sociedade e qualquer aspirações de mover montanhas. Quero esquecer tudo. Quero apenas atravessar LOGO essa dor.

Eu já vi vários retratos clássicos de Cristo no jardim. Ajoelhado ao lado de uma pedra grande. Com uma toga branca como a neve. As mãos tranqüilamente dobradas em oração. Uma aparência de serenidade em Seu rosto. Uma auréola sobre Sua cabeça. Uma luz do céu iluminando Seu cabelo marrom dourado. Eu não sou artista, mas posso dizer uma coisa para você. O homem que pintou este quadro não usou o evangelho de Marcos como padrão. Olhe o que Marcos escreveu sobre aquela noite dolorosa.

Então foram para um lugar chamado Getsêmani, e Jesus disse aos seus discípulos: “Sentem-se aqui enquanto vou orar”. Levou consigo Pedro, Tiago e João, e começou a ficar aflito e angustiado. E lhes disse: “A minha alma está profundamente triste, numa tristeza mortal. Fiquem aqui e vigiem”. Indo um pouco mais adiante, prostrou-se e orava para que, se possível, fosse afastada dele aquela hora. E dizia: Aba, Pai, tudo te é possível. Afasta de mim este cálice; contudo, não seja o que eu quero, mas sim o que tu queres”. Então, voltou aos seus discípulos e os encontrou dormindo. “Simão”, ele disse a Pedro, “você está dormindo? Não pôde vigiar nem por uma hora? Vigiem e orem para que não caiam em tentação. O espírito está pronto, mas a carne é fraca”. Mais uma vez ele se afastou e orou, repetindo as mesmas palavras. Quando voltou, de novo os encontrou dormindo, porque seus olhos estavam pesados. Eles não sabiam o que lhe dizer. Voltando pela terceira vez, ele lhes disse: “vocês ainda dormem e descansam? Basta! Chegou a hora! Eis que o Filho do homem está sendo entregue nas mãos dos pecadores. Levantem-se e vamos! Aí vem aquele que me trai!” 1

 Olhe para aquelas frases. “A minha alma está profundamente triste, numa tristeza mortal”. “Indo um pouco mais adiante, prostrou-se e orava”. Vemos um Jesus lutador, tenso e agonizante. Vemos “um homem de dores”. vemos um homem brigando com medo, lutando com compromissos, e ansiando por alívio.
Vemos Jesus sentindo a dor…o escritor de Hebreus escreveria mais tarde, Durante os seus dias de vida na terra, Jesus ofereceu orações e súplicas, em alta voz e com lágrimas, àquele que o podia salvar da morte”.

Jesus está sofrendo. Jesus está na fase do medo. Jesus está encoberto, não em santidade, mas em humanidade.

Hoje eu vim trabalhar pensando nas minhas dores, nas minhas angustias, nos meus problemas, e comecei a lembrar de Jesus no jardim.
Deus se preocupa com nosso sofrimento. Jesus também foi traido, ele foi humilhado, diminuido, viveu momentos dificeis…Deus nunca foi mais humano do que nesta hora. Deus nunca esteve mais perto de nós do que quando Ele sofreu.

1Marcos 14:32-42
2Isaías 53:3
3Hebreus 5:7

Baseado em Max Lucado – Adaptado.

Anúncios

Uma resposta to “A dor de uma alma partida.”

  1. #Alma … Algo que necessita de cura constantemente e que o Senhor tem feito grandes coisas… Deus é fiel e continue te abençoando @FernandaLimaaa !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: